sexta-feira, setembro 04, 2009

TOP 25: MÚSICAS DO ANO QUE EU NASCI

1982 foi um ano surreal: O presidente era um general meio loki, um cacique se elegia deputado, Regina Duarte recebia a pomba-gira em horário nobre e a moda era usar calça baggy e ombreiras. Nesse ano eu nasci, no dia 14 de Setembro. Pesquisando na internet achei uma lista das 100 músicas mais tocadas e fiz uma lista do que de mais legal, absurdo ou bizarro tocava na radiola enquanto eu chegava por aqui. Quer saber o que seus pais ouviam enquanto te esperavam? É só clicar aqui.

  • 25 - Vitrines - Chico Buarque (95) – Era o tema de abertura de Sétimo sentido (a tal novela da pomba-gira). Naquela éopca, a MPB tinha mais prestígio: além de Chico, a lista tinha Djavan, Gal, Elba e Alceu valença.
  • 24 - I Believe In Love - Nikka Costa (79) – Uma música fofa daquela que prometia ser a grande cantora dos anos 80. Ficou só na promessa.
  • 23 – Rock da cachorra – Eduardo Dusek (76) – Nada a ver com a cachorra do funk. Uma música absurda e divertida que dizia: “troque sua cachorra por uma criança pobre” inaugurava o rock da geração 80.
  • 22 - Pac-Man Fever - Buckner & Garcia (64)– Não fazia idéia de que música é essa, mas o título é hilário e o nome da dupla, bizarro. Achei no Youtube o clipe, veja aqui.
  • 21 - Hurt - Carly Simon – Não tinha Celine Dion, nem Mariah Carey. A rainha das canções melosas era a Carlie, que até que dava um caldo, vá.
  • 20 – Tempos Modernos - Lulu Santos – A partir desse ano o rock brazuca começou a dominar as paradas. Só o Lulu conseguiu emplacar 3 hits na lista em 82.
  • 19 - O Que é Que Há - Fábio Jr – O cara estava nas cabeças naquela época, galã, cantorzaço e comedor. Hoje, bem deixa pra lá.
  • 18 - Dentro do Coração (Põe Devagar) - Rádio Taxi – Você talvez não deve estar ligando o nome à música, mas o refrão era: “põe devagar, bem devagarinho que é pra não machucar...” Lembrou? Agora tente esquecer.
  • 17 - Bum Bum Paticumbum Prugurundum – Quinzinho – Acredite esse era o título do enredo do Império Serrano, escola campeã do Carnaval em 82. Agora tente imaginar a letra. Pensando bem, melhor não.
  • 16 - Melô do Piripipi – Gretchen – A mulher, o mito, a bunda. Uma geração inteira homenageou a “rainha do rebolado” nos banhos demorados dos anos 80.
  • 15 - Eu Sou Boy – Magazine – O grande (talvez único) sucesso do Kid Vinil era o desabafo de uma classe oprimida: os office-boys. Eles ainda vão dominar o mundo.
  • 14 - Titles (from "Chariots Of Fire") – Vangelis – Foi aqui que nasceu aquela musiquinha instrumental chaaaaaaaaata que toca em tudo que é maratona.
  • 13 - Eye Of The Tiger – Survivor – Tan-tantantan-tantantan, o tema de Rocky é até hoje ligado a tudo que lembra o boxe.
  • 12 - Hard To Say I'm Sorry – Chicago (22)– O mela cueca se fez presente nas rádios através desta baba. Muita gente aí provavelmente foi feita ao som desta música.
  • 11 - Portela na Avenida - Clara Nunes (21) – Era bem eclético o gosto do brasileiro de 82, tinha espaço também para um samba de bamba da maior cantora do gênero.
  • 10 - Fuscão Preto - Almir Rogério (17) – A praga que grudou no cérebro de todo mundo com supercola teve no ano de lançamento nada menos que 39 regravações.
  • 9 - Você Não Soube Me Amar – Blitz (14) – O primeiro single da minha banda oitentista favorita!
  • 8 - Vem Fazer Glu-Glu - Sergio Malandro (13) – O clássico do besteirol da época que Sérgio Mallandro era um cara engraçado.
  • 7 - Ebony And Ivory - Paul McCartney & Stevie Wonder (12) – O encontro dos feras rendeu uma baladinha legal pra dançar de rosto colado na hora que tocavam as lentas nos bailinhos.
  • 6 – O Que é O Que é? – Gonzaguinha (10) - Eu já disse como eu acho o Gonzaguinha chato? Pois é, deve ser por que a música mais mais mala dele foi lançada quando eu nasci e me acompanha desde que eu nasci.

  • 5 – Let's Groove - Earth, Wind & Fire (8) – Apesar da predominância da MPB cabeçuda e da música brega, ainda havia espaço pro velha e boa música pra dançar no meio da sala.
  • 4 - Leão Ferido – Biafra (4) –me do artista é Biafra, depois o nome da música é Leão ferido (alguém aí conhece?). Tinha tudo pra dar errado e no entanto o cara consegue fechar o ano em quarto lugar nas paradas.
  • 3 - Banho de Espuma - Rita Lee & Roberto de Carvalho (3)– 82 foi mesmo O ano de Rita e Roberto que emplacaram 4 hits entre os 100 mais sendo que eles emplacaram também Saúde entre as 5 mais.
  • 2 – Physical - Olivia Newton-John (2) – Foi o ano que o chamado culto ao corpo explodiu. Academias lotaram e as famigeradas aulas de jazz bombavam ao som de Physical. Quem não tinha queria ter um par de polainas.
  • 1 – Muito Estranho (Cuida Bem de Mim) – Dalto (1) – “Hum, cuida bem de miiiiiiiim, então misture tudo dentro de nós...” Tem quem diga que esse tudo que ele misturava inclui tóchico pesado. Eu não sei, mas até hoje ele é conhecido como o Dalto Muito Estranho.

Um comentário:

brunobandido disse...

eu que curto essa parada de listas, perdi um tempão no teu blog. alta fidelidade total.